Ator famoso é acusado de abusar sexualmente de garoto de 13 anos

0
8
Foto: Reprodução/Instagram

O ator e o menor contracenaram um filme juntos

Conteúdo Estadão

O ator Charlie Sheen, conhecido por seu papel no seriado Dois Homens e Meio, está sendo acusado de ter estuprado Corey Haim, ator com quem contracenou no filme Lucas, lançado em 1986. À época das gravações, Sheen tinha 19 anos, e Corey, 13. As informações são do National Enquirer. Haim morreu em 2010, após problemas decorrentes de uma pneumonia.

O ex-ator Dominick Brascia, que se diz amigo de Corey, revelou ao veículo: “Haim me contou que ele fez sexo com Sheen quando eles filmaram Lucas. Ele me disse que eles fumaram maconha e fizeram sexo. Ele disse que eles fizeram sexo anal. Haim disse que depois que isso aconteceu, Sheen tornou-se muito frio e o rejeitou. Quando Corey queria fazer de novo, Charlie não estava interessado”.

O tablóide alega ter ouvido diversas outras fontes que faziam parte do elenco do filme, e descoberto que Sheen também teria proposto ter relações sexuais com uma garota de 17 anos à época, e beijado outra que completou 18 durante as gravações. Segundo o veículo, ainda, o caso não deve representar ameaça a Sheen pelo fato de já ter se passado muito tempo, e não poderia ser julgado pela Justiça de Illinois, estado de Chicago, onde o filme foi gravado.

Brascia ainda contou que testemunhou Sheen sendo hostil ao se deparar com Haim em um restaurante em Los Angeles. “Ei, Charlie, lembra de mim? Como você está?”, teria dito Corey, que teve como resposta: “Quem é você? Não sei quem você é”. Posteriormente, quando Charlie estava novamente sozinho com Brascia, ele teria dito a verdade: “Eu não estou tão bêbado. Eu só não gosto daquele pequeno babaca. Eu odeio aquele babaca. Tire-o daqui”. O próprio Brascia, porém, também já foi acusado de ter abusado sexualmente de Corey Haim – o que ele nega.

Outra fonte afirmou que, quando Sheen encontrou a mãe de Haim algum tempo depois, teria sido grosseiro e até mesmo empurrado-a: “Eu odeio seu maldito filho. Se eu vê-lo de novo, vou colocar a cabeça dele na p*** de uma privada e dar descarga. Saia de perto de mim”.

Por meio de seus advogados, o ator negou as acusações ao National Enquierer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here